Doação de plaquetas

   As plaquetas são os elementos do sangue que ajudam a interromper sangramentos no organismo, atuam no processo de coagulação.
   Há pacientes que apresentam deficiência de plaquetas, causada por transplante de medula, pela ação da quimioterapia, radioterapia, por terem sofrido alguma intervenção cirúrgica ou por sofrerem de doenças adquiridas geneticamente, a hemofilia por exemplo.
   O Hemonúcleo Regional de Jaú recebe doações voluntárias de plaquetas. Elas só podem ser estocadas por cinco dias, por isso, existe a necessidade de doações frequentes para a reposição dos estoques.
   O concentrado de plaquetas pode ser obtido em uma doação de bolsa de sangue normal, onde se consegue uma unidade de plaquetas, ou por um procedimento que recebe o nome de doação de plaquetas por aférese, onde se obtém uma quantidade seis vezes maior em uma doação. Este procedimento é seguro, indolor e não prejudica a saúde. Leva cerca de 1 hora e 30 minutos, e pode ser realizada com mais frequência que a doação de sangue, pois, as plaquetas são repostas no organismo em apenas três dias.
   Na doação de plaquetas por aférese, o sangue é retirado de um dos braços, entra em um equipamento separador de sangue (máquina de aférese), onde as plaquetas são removidas do sangue total (que é composto por plasma, glóbulos vermelhos, glóbulos brancos ou leucócitos e plaquetas) e retorna para o doador através do outro braço ou pelo mesmo braço dependendo do modelo da máquina de aférese utilizada. Com isso, não existe nenhum tipo de efeito colateral.

Interessados em doar plaquetas devem entrar em contato pelo telefone (14) 3602-1359, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h, e agendar a data de coleta.