Faça sua Doação Faça sua doação para o Amaral Carvalho, o Hospital do Câncer que trabalha com ética e transparência na luta pela vida.

26/5/2015 - Pacientes da pediatria do HAC aprendem a tocar violão

   Há pouco mais de um ano, o Hospital Amaral Carvalho (HAC) recebeu a doação de dois violões, destinados à ala pediátrica e idealizados às aulas de música, para preencherem construtivamente a rotina das crianças que estão em tratamento de câncer.
   Tudo começou com Paulo Henrique Barrionuevo, um dos precursores do Circuito de Leilões da Federação Brasileira de Combate ao Câncer (Febec) e participante assíduo dos eventos integrados.
   Com intenção especial, Paulo esteve no leilão em Bauru e conquistou dois violões para serem doados à pediatria do Hospital do Câncer de Jaú, autografados pelo cantor Daniel, Padre Fabio de Melo e dupla sertaneja João Bosco e Vinicius. O objetivo do pirajuense foi promover entretenimento e educação artística aos pacientes.

Aulas de violão
   Com alegria e atenção, as crianças arriscam os primeiros sons nas cordas dos violões. Desde fevereiro, o voluntário e professor de música, Danilo da Cruz Alves, os ensina a tocar o instrumento.
   Danilo adquiriu o gosto pela música com o incentivo do pai em tocar violão, há oito anos. Nesse tempo, o jovem também se aperfeiçoou em guitarra, seu preferido. “Hoje sou músico profissional e professor em um conservatório jauense, mas continuo os estudos em violão erudito, pelo Ministério da Educação (MEC)”, conta.
   Duas vezes na semana Danilo visita a pediatria e instrui os alunos, individualmente, por uma hora, para o exercício da capacidade em memorizar e tocar acordes e ritmos básicos. “Aproximadamente cinco pacientes retornam às aulas, mas essa rotatividade não impede o aprendizado. Me dedico ao máximo para dar atenção às correções e também indico que eles continuem o exercício fora do hospital”, explica.
   O professor se admira com o trabalho na instituição. “O HAC parece ser bem estruturado e organizado em todos os setores, com profissionais que levam a sério o trabalho, além de ajudarem na integração dos voluntários, com muito respeito”, diz.
   “Meu retorno é ver a alegria deles. A música por si só traz sensações boas para as pessoas. É muito gratificante fazer algo que amamos e ajudar outros através disso”, ressalta Danilo sobre a doação e as aulas ministradas.


Voluntário ensina pacientes da pediatria a tocar violão

Autor: Departamento de Comunicação e Marketing / Foto: Ana Carolina Candelaria