14/5/2015 - Plataforma I2000 garante alta qualidade de exames sorológicos no Hemonúcleo Regional de Jaú

    Uma das fases de preparação dos hemocomponentes para transfusão é a realização de exames para detectar doenças infectocontagiosas que podem ser transmitidas pelo sangue (Sífilis, Hepatite B e C, HIV e Doença de Chagas, entre outras). Com mais de 20 anos de atuação de excelência, o Hemonúcleo Regional de Jaú, do Hospital Amaral Carvalho (HAC), mantém no Laboratório de Sorologia um equipamento que permite maior segurança nesse tipo de exame: a Plataforma I2000.
   Automatizada, a plataforma examina as amostras com rapidez (aproximadamente meia hora) e sem interrupção das rotinas do setor. Além disso, diminui o fator “erro humano”, garantindo a qualidade do sangue para transfusão.

Alto padrão
   O hematologista da instituição, Marcos Augusto Mauad, ressalta que a preocupação da unidade é ter alto padrão de qualidade, por isso, a modernização dos equipamentos é um processo que vem se instalando dentro do planejamento do HAC. “Sempre que surgem exames ou tecnologias que melhorem a qualidade do produto a ser oferecido para a população, o Hospital, que é referência em tratamento oncológico e na realização de transplantes de medula óssea, se esforça para trazê-los ao Hemonúcleo”.
   De acordo com o médico, o hemocentro do Hospital Amaral Carvalho é um serviço altamente qualificado, comparado ao de grandes centros de hemoterapia do País.


Automatizada, a plataforma examina as amostras com rapidez e sem interrupção das rotinas do setor

Autor: Ariane Urbanetto / Fotos: Ana Carolina Candelaria