12/5/2015 - Especialistas do HAC participam do I Congresso Einstein de Transplantes

   Com foco no estimulo à troca de ideias sobre atualidades, avanços e perspectivas em transplantes de medula óssea (TMO), especialistas do Hospital Amaral Carvalho (HAC) participaram do I Congresso Einstein de Transplantes – realização do Hospital Israelita Albert Einstein com apoio da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO). O evento ocorreu entre os dias 23 e 25 de abril, em São Paulo.
   No dia 24, o coordenador do Programa de Transplante de Medula Óssea do HAC, doutor Vergílio Antonio Rensi Colturato, ministrou palestra sobre Desafios do Financiamento do Transplante Haploidêntico no Brasil, e a doutora Clarisse Martins Machado falou sobre Infecções Virais no Transplante Haploidêntico. Aproximadamente 70 membros dos Grupos de Trabalho (GTs) da SBTMO e representantes de unidades transplantadoras prestigiaram as apresentações, entre eles, os doutores do HAC, Maura Rosane Valério Ikoma e Mair Pedro de Souza.
  O objetivo do evento foi promover uma reflexão sobre o atual cenário do TMO no País, com ênfase nos avanços da técnica, desafios e protocolos convencionais a serem adotados. “Foi uma reunião produtiva, onde os pesquisadores apontaram resultados promissores para o TMO, com forte potencial de incluir pacientes que não disponham de doadores familiares idênticos ou não aparentados compatíveis no antígeno leucocitário humano”, explica o coordenador.
   Vergílio também ressalta que “os argumentos do custo financeiro e social da inclusão do TMO Haploidêntico, em conjunto com outras modalidades, foram convincentes. Houve a valorização do potencial de inclusão de pacientes sem doadores e da agilidade em transplantar, com custo estrutural semelhante do TMO Aparentado Idêntico; muito menor que os demais”. E concluí que o ideal é a utilização das quatro modalidades de transplante. “Todas são importantes, com características próprias e inerentes a cada uma delas, de forma que o resultado final do procedimento obtenha melhor qualidade e sobrevida”.
   O médico conta que na ocasião também foram discutidos aspectos para a programação da III Reunião da SBTMO de Diretrizes Brasileiras em Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas, previsto para o final de maio (Búzios/RJ), e do XIX Congresso Brasileiro de Transplante de Medula Óssea, em agosto (Foz do Iguaçu/PR).

Autor: Departamento de Comunicação e Marketing / Foto: Divulgação