1/4/2015 - Diretoria apresenta atividades de 2014 em assembleia ordinária

   O Conselho Curador da Fundação Amaral Carvalho (FAC) se reuniu no sábado (28), durante assembleia ordinária, para apresentação das atividades desenvolvidas pela instituição em 2014. O encontro ocorreu na sala Profª. Maria Aparecida Cesarino, no Centro de Apoio ao Paciente.
   O Presidente da FAC, Alcindo Storti e o Superintendente, Antonio Luís Cesarino de Moraes Navarro, expuseram dados relevantes do exercício, incluindo números de procedimentos realizados pelo Hospital Amaral Carvalho (HAC) e informações sobre ampliações e reformas do complexo hospitalar.
   Um dos destaques foi a criação do Ambulatório de Oncologia Clínica em Lençóis Paulista. “Uma parceria com o Hospital Nossa Senhora da Piedade, hospital geral da cidade, que tem dado certo. Além dos funcionários do Hospital do Câncer de Jaú que atendem naquela unidade, a equipe treinou os funcionários do ambulatório e oferece suporte diário”, conta Navarro.
   Também foi pautado pela reunião o projeto de humanização da ala pediátrica do HAC, Ursinho Elo, lançado no início do ano passado. A ação ganhou notoriedade na imprensa em diversos países e recebeu dois importantes prêmios: Renato Castelo Branco de responsabilidade socioambiental em propaganda (na categoria Especial) e Leão de Ouro no Cannes Lions 2014 (maior festival de criatividade em comunicação do mundo). “Esse projeto nos trouxe muitas coisas boas, não só pela visibilidade, mas o reconhecimento das atividades realizadas em benefício das crianças com câncer, especialmente em humanização”, comenta o Superintendente.
   Na ocasião, foram divulgados o demonstrativo financeiro de 2014, a lista dos equipamentos adquiridos com verbas públicas e privadas, e a captação de recursos públicos (federais, estaduais e municipais), por convênios e privados.
   Ao final da assembleia, Navarro falou sobre o centenário do Hospital Amaral Carvalho, celebrado em 2015. “Aproveitamos a oportunidade para evidenciar esse marco para nossa instituição e as atividades comemorativas. Não é sempre que se completa 100 anos e com resultados tão positivos. Isso nos incentiva a continuar o trabalho em prol dos pacientes com câncer, oferecendo tratamento de qualidade”, completou.


Membros do Conselho Curador se reunem para assembleia ordinária


O Superintendente Antonio Luís Cesarino de Moraes Navarro fala sobre o centenário do HAC

Autor: Ariane Urbanetto