13/11/2014 - Novembro Azul pela detecção precoce do câncer de próstata

   Após a campanha de conscientização sobre o câncer de mama no Outubro Rosa, neste mês, a ação Novembro Azul ressalta a importância dos cuidados do homem com sua saúde e, principalmente, da detecção precoce do câncer de próstata, o segundo tipo mais comum entre os homens.
   O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que cerca de 69 mil casos novos de câncer de próstata serão detectados até o final deste ano. A doença, tratada em fase inicial, apresenta índices de cura de mais de 95% e de acordo com o urologista do Hospital Amaral Carvalho (HAC), Renato Prado Costa, nesse estágio é possível a realização de tratamento curativo eficaz e são mínimas as chances do aparecimento de metástases (quando as células cancerígenas se espalham pelo corpo).

Prevenção em Jaú e região
   O Hospital do Câncer de Jaú, referência em urologia no Estado de São Paulo, realiza anualmente 450 prostatectomias (remoção cirúrgica de toda a próstata, em casos de câncer ou hiperplasia).
   A instituição mantém o Programa de Prevenção do Câncer de Próstata que presta atendimento à população durante todo o ano, por meio de agendamento. “Além de atender homens de Jaú e região para realização de exames para detecção precoce do câncer, oferecemos suporte com uma estrutura hospitalar adequada para o tratamento dos casos confirmados, incluindo quimioterapia, radioterapia, braquiterapia e cirurgias com equipe altamente qualificada”, pontua Renato.
   O urologista explica que a campanha Novembro Azul é importante para lembrar aos homens que devem realizar os exames periodicamente. “Em estágio inicial, a doença não apresenta sintomas e é justamente quando as chances de cura são altíssimas. Por isso, os homens não precisam de motivo específico para procurar um urologista, devem ter a conduta semelhante a das mulheres, que se previnem e realizam exames anualmente”.
   Renato orienta que, após completar 45 anos, todo homem deve procurar uma vez ao ano um urologista para examinar a sua próstata. Homens que já tiveram histórico de doença na família (avô, pais, irmãos) devem procurar um especialista mais cedo, por volta dos 40 anos de idade.

Dúvidas
   Além da resistência dos homens para a realização do toque retal, que tem diminuído significativamente nos últimos anos por conta da divulgação de informações que mostram a importância do exame e dos cuidados gerais com a saúde, há muitas dúvidas e mitos acerca do assunto.
   Qual a função da próstata ou por que deve ser feito o exame de toque retal ou o PSA (Antígeno Prostático Específico), são alguns dos questionamentos dos homens, especialmente quando chegam à meia-idade. Ao procurar um porsto de saúde ou consultar um urologista, essas e outras questões podem ser esclarecidas.

Serviço
   O Programa de Prevenção do Câncer de Próstata fica no Hospital Amaral Carvalho - Rua Dona Silvéria, 150. Atendimentos de segunda a quinta-feira, por meio de agendamento pelo telefone (14) 3602-1191.
 

Autor: Ariane Urbanetto