16/10/2019 - Você conhece a Classe Hospitalar?

   Crianças e adolescentes internados para tratamento do câncer no Hospital Amaral Carvalho podem dar continuidade aos estudos por meio da Classe Hospitalar. O projeto, desenvolvido desde 2004, surgiu com o empenho da equipe de Terapia Ocupacional do HAC e auxílio da Delegacia de Ensino de Jaú e oferta aulas de ensino fundamental e médio para pacientes das alas da pediatria, isolamento, transplante de medula óssea e da Casa Ronald.
   “A criança aqui dentro sempre estudou. Antes, tínhamos parceria com o Cefam, depois contratamos professores e em 2004, conseguimos formar a primeira turma deste projeto do Governo que se baseia no direito que a criança tem de dar continuidade aos estudos quando adoece”, conta a terapeuta ocupacional do hospital Márcia Pengo.
   As aulas são ministradas atualmente pelas professoras Ana Claudia Volpato de Aro e Flávia Gonzalez dos Santos, todos os dias nos períodos da manhã e tarde. Segundo Márcia, a iniciativa evita que o aluno perca o ano letivo. “Até mesmo prova do Enem já foi realizada aqui dentro.”
   De acordo com a professora Ana Claudia, o material de ensino é enviado pela escola de origem do paciente, com conteúdo flexível que conste o mínimo que o aluno precisa saber para seguir para o próximo ano. “O atestado médico tira as faltas, mas não a falta de conteúdo. Por isso, a importância da Classe Hospitalar, que vem para suprir essa falta para criança”, diz.
   O hospital também tem parceria com a Prefeitura de Jaú para disponibilização de professor para ensino infantil, mas não conta com profissional no momento.

Autor: Estela Capra