28/8/2019 - Voluntários do Hospital Amaral Carvalho se destacam no lançamento da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer em SP

O Hospital Amaral Carvalho (HAC), pioneiro na atuação do combate ao câncer, foi um dos destaques durante o lançamento da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer, no dia 26 de agosto, na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP). O HAC foi representado por um grupo de cerca de 50 voluntários do projeto “ Voluntários Contra o Câncer”, que recebeu homenagens dos parlamentares presentes à solenidade.

A nova frente parlamentar, de iniciativa da deputada Valéria Bolsonaro, vai analisar e sugerir medidas que fortaleçam a pesquisa e o desenvolvimento científico de tratamentos para o câncer. Além de apoiar as unidades de saúde que atuam na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer.

Vestidos com um jaleco com o emblema dos anjos de uma asa só que voam abraçados, simbolizando a essência do trabalho voluntário, os representantes de ligas de combate ao câncer de 20 cidades de todas as regiões do estado de São Paulo que realizam um importante trabalho de apoio aos pacientes do HAC foram recebidos pela deputada Valéria Bolsonaro, que destacou a assistência prestada pelos voluntários no tratamento. “Esse trabalho é de fundamental importância para a obtenção de índices de cura cada vez mais altos, comparados aos países de primeiro mundo”, comentou.

Durante a solenidade, outros parlamentares também destacaram o importante papel do Hospital Amaral Carvalho no tratamento de pacientes com câncer no estado de São Paulo e a preciosa colaboração dos voluntários. “Estive há pouco tempo em Jaú e fiquei emocionado com o que vi, desde o atendimento humanizado do hospital e o carinho de todos aos pacientes. Meu pai, Salvador Zimbaldi, foi um grande colaborador do Amaral e espero continuar ajudando, pois o Amaral Carvalho e todos os voluntários merecem nosso reconhecimento”, comentou o deputado estadual Rafa Zimbaldi.

Na Liga de Voluntários Já são quatro mil pessoas que colaboram com o Hospital e com a causa. Juntos, eles abrangem 4.200 voluntários de 108 ligas de combate à doença, que, atendem cerca de 25.000 pacientes em todo o estado de São Paulo.

“Esse é o maior movimento de combate ao câncer no país, e a busca por apoiadores precisa ser constante, para que o movimento continue com os grandes resultados que vêm alcançando”, afirma o superintende do Hospital Amaral Carvalho, Luiz Navarro.

 

 



 


 

 



 

Autor: Fernando Schwarz