30/05/2019 - Paciente do Hospital Amaral Carvalho escreve livro infantil

   A moradora de Aguaí, a quase 200 km de Jaú/SP, Arlene Padrão, veio ao Hospital Amaral Carvalho (HAC), nesta terça-feira (28/mai). Ela, que percorreu esse trajeto várias vezes no ano passado por conta do tratamento de câncer, desta vez, fez questão de vir dirigindo e não foi para consulta médica ou algo assim: foi para o lançamento de um livro infantil que escreveu.
   Cabeça de Lua conta a história de uma menina que tem linfoma não-Hodgkin - um tipo de câncer que afeta as células do sistema imunológico. O livro foi inspirado na experiência da própria autora, que lutou contra a doença e decidiu falar sobre o assunto de forma clara e lúdica. “Desde criança, adoro ler e escrever. Quando completei 60 anos, em 2015, defini a meta de produzir 10 livros até os 70. Tinha planejado publicar todo ano, mas no ano que descobri a doença, não consegui”, lembra.
   Cheia de disposição e alegria, Arlene resolveu retomar o ritmo e escrever. “Sempre busco abordar temas relevantes para os jovens, pois acredito que eles são nosso futuro, eles mantêm nossa esperança”.
   Em parceria com o Espaço Cultural Amaral Carvalho (Ecac), ela visitou alguns setores do HAC e doou exemplares do livro para as crianças da Pediatria. No Centro de Apoio ao Paciente, montou um pequeno estande com suas obras para um bate-papo descontraído com os que passaram por ali, dando seu testemunho de superação. “Quando recebi o diagnóstico foi muito difícil, mas parece que foi há tanto tempo. E esse hospital foi uma bênção na minha vida. Aqui fui bem acolhida pelas equipes, então, fico feliz em voltar e lançar meu livro, especialmente entre as crianças. Torço muito pela recuperação delas e de todos que estão aqui”, destacou.


Na foto, as psicólogas do HAC, Viviane e Jéssia, a autora Arlene, a coordenadora do ECAC, Rachel Navarro, e a funcionária do Ecac, Eloisa

Galeria de imagens e vídeosclique na imagem para ampliar

Autor: Ariane Urbanetto