11/06/2014 - Coletores de lixo de Jaú mobilizam população e promovem doação de sangue

   Hoje (11), às 15h, o Hemonúcleo Regional de Jaú do Hospital Amaral Carvalho (HAC) irá receber os coletores de lixo – da Secretaria de Meio Ambiente (Semeia) de Jahu, para doação de sangue.
     A ação faz parte de campanha de mobilização da população jauense, iniciativa dos coletores de lixo, que ocorre entre os dias 9 e 14 de junho, e visa colaborar com o Hemonúcleo que está com o estoque de sangue e plaquetas abaixo do necessário para atender a demanda dos 11 hospitais aos quais fornece hemocomponentes.
     Um dos coordenadores da coleta de lixo em Jaú, Wilson Pereira de Souza, já organizou campanhas em benefício do Hemonúcleo outras vezes. “Sou doador há muitos anos e sei que a unidade está sempre carente de doações, por isso, sempre que possível, realizamos doações coletivas e divulgamos a importância da doação de sangue”, relata.
    Em média, 30 coletores de lixo participaram de cada uma das campanhas promovidas anteriormente. “Alguns nunca tinham doado sangue e se tornaram doadores frequentes, o que é muito positivo”, comenta Wilson.
    De acordo com o coordenador técnico do Hemonúcleo, Francisco Martins da Costa Filho, o trabalho voluntário de divulgação da necessidade de doadores e as constantes doações de sangue realizadas pela equipe do Ceprom são de extrema importância para a unidade e, especialmente, para os pacientes. “Além de realizarem a doação, que é um gesto de solidariedade, os coletores de lixo conscientizam e chamam a atenção de outras pessoas e empresas para essa nobre causa”, afirma.

     Para doar é preciso:
     - Estar em boas condições de saúde e descanso;
    - Ter entre 16 e 69 anos (menores, a partir dos 16 anos podem doar acompanhados de um dos pais ou responsável legal; maiores de 65 anos só podem doar se já doaram antes dos 60 anos);
     - Pesar no mínimo 50kg;
     - Estar alimentado (mas evite ingerir alimentos gordurosos);
     - Apresentar documento oficial de identidade com foto;
     - Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade;
     - Não estar utilizando medicamentos;
     - Não estar resfriado ou com gripe;
     - Não ter tido doença de Chagas, Sífilis, Malária ou ser soropositivo de AIDS;
     - Não ter feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses;
     - Não estar grávida ou amamentando.

     Horário de atendimento: Segundas, terças, quintas e sextas-feiras, das 7h30 às 16h30.
     Quartas-feiras, das 7h30 às 20h.
     Sábados, das 7h30 às 12h.

Serviço
     Hemonúcleo Regional de Jaú - Hospital Amaral Carvalho
     Rua Dona Silvéria, 150 - Jaú / SP
     Informações: (14) 3602-1355 ou 3602-1356.
 

Wilson Pereira de Souza durante a doação de sangue

Autor: Ariane Urbanetto / Foto: Bruno Furlanetti