20/12/2017 - PM faz doação de sangue ao Hemonúcleo do HAC

Policiais militares de Jaú realizaram na manhã de hoje uma campanha de doação de sangue e plaquetas ao Hemonúcleo do Hospital Amaral Carvalho (HAC). A ação foi importante para garantir o estoque na unidade durante o feriado do Natal.
“Sabemos que no fim do ano as doações de sangue são muito importantes para o hospital. Por isso realizamos campanhas com a participação do maior número de policiais que conseguimos reunir. Este ano, 21 militares da Força Tática, Rocam e Canil estão aqui doando sangue e plaquetas. Nossa intenção, além de ajudar com a própria doação, é motivar outras pessoas a fazê-lo também”, disse o tenente da PM, André Antunes.
Para o cabo Ricardo Coelho, que pela primeira vez doou plaquetas, é uma grande satisfação poder ajudar aqueles que necessitam de sangue e seus componentes. “Nós, que temos saúde, devemos nos preocupar mais com as outras pessoas. Doar sangue é um ato de amor ao próximo”, destacou.
“Essa doação em grupo foi muito importante para nós. Foi uma ação estratégica. Os policiais doaram no momento em que mais precisamos. Mais que isso: eles doaram plaquetas por aférese dupla, ou seja, cada doador equivale a 12 doadores. Foram cinco doadores de plaquetas que correspondem a 60 pessoas doando. Não fosse isso, ficaríamos desassistidos de plaquetas neste Natal”, explicou o coordenador do Hemonúcleo, o doutor Marcos Mauad.
Ao todo, os militares doaram 15 bolsas de sangue e cinco de plaquetas. A função das plaquetas é parar sangramentos. Para pacientes que fazem transplante de medula óssea, por exemplo, esse componente é de grande importância.

Expediente

O hemonúcleo abastece 11 hospitais da região, entre eles o Hospital Amaral Carvalho, que recebe pacientes de todo o Brasil para tratamento de câncer e transplante de medula óssea, o que demanda transfusões sanguíneas.
O expediente é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h, e aos sábados, das 7h30 às 12h. A unidade fica na Rua Dona Silvéria, 150.
Para doar sangue é preciso:
- Estar em boas condições de saúde e descanso;
- Ter entre 16 e 67 anos (menores, a partir dos 16 anos podem doar acompanhados de um dos pais ou responsável legal; maiores de 65 anos só podem doar se já doaram antes dos 60 anos);
- Pesar no mínimo 50 kg;
- Estar alimentado (mas evite ingerir alimentos gordurosos);
- Apresentar documento oficial de identidade com foto;

Autor: Juliana Parra