Faça sua Doação Faça sua doação para o Amaral Carvalho, o Hospital do Câncer que trabalha com ética e transparência na luta pela vida.

23/11/2017 - Homenagem a doadores de sangue destaca a importância do gesto

   Ontem (22), doadores de sangue do Hemonúcleo do Hospital Amaral Carvalho (HAC) receberam medalha de honra ao mérito em reconhecimento da importância do gesto. A cerimônia ocorreu na semana em comemoração ao Dia Mundial do Doador de Sangue (25) e premiou cinco cidadãos representando todos os que ajudam a salvar vidas.
   A homenagem ocorreu em conformidade com a Lei Municipal 5.027, de 29 de outubro de 2015, de autoria do então vereador Wagner Brasil de Barros, atual secretário municipal de Saúde. Além de autoridades municipais, participaram da sessão solene o presidente do HAC, Vitorio Munerato Neto, o hematologista responsável pelo Hemonúcleo, Marcos Mauad, e o coordenador de coletas externas da unidade, Francisco Martins da Costa Filho.
   De acordo com Mauad, iniciativas como essa são formas de enaltecer aqueles que contribuem com a sociedade de maneira nobre, pelo prazer de ajudar. “O sangue é um elemento que salva vidas. A doação segue rígidos critérios para garantir a qualidade e segurança e esse mecanismo implica na dificuldade de encontrarmos doadores. Por isso, somos extremamente gratos aos que participam”, destacou.

Honra ao mérito
   São indicados ao prêmio jovens que iniciaram a prática recentemente e doadores regulares antigos, próximos da idade limite para a doação (70 anos), como o professor universitário Sérgio Lukine (68) que recebeu a medalha na sessão solene. Ele conta que, por volta dos anos 90, sentia-se muito bem de saúde e se viu na obrigação de doar. Hoje, próximo de encerrar suas atividades como doador, fala da necessidade de engajar novas pessoas para a causa. “Precisamos conscientizar e incentivar os jovens”.
   Jovens como Marco Aurélio da Costa Filho (16), também homenageado. O estudante já praticou o ato solidário duas vezes seguindo o exemplo do pai. “Sempre o vi doar e entendi que era importante. Me sinto muito bem sabendo que estou ajudando outras pessoas”, disse.
   Os aposentados Laurindo Joaquim da Silva (68) e João Carlos Rocha (69) estiveram entre os reconhecidos. Ambos começaram a doar aos 18 anos e encerram sua contribuição com o sentimento de dever cumprido e desejo de que outros cidadãos doem.
   Maria Luiza Scalco (65), aposentada, há mais de 12 anos ajuda a abastecer os estoques de bolsas de sangue e adorou a surpresa. “Já doei mais de 40 vezes. Comecei porque ouvia no rádio as pessoas pedindo e, como muita gente precisa e eu posso, resolvi ajudar. Fico muito feliz pela lembrança”, contou.
   O vereador José Fernando Barbieri, que presidiu a sessão encerrou com um agradecimento especial. “Muito obrigado, não só em nome dos jauenses, mas das vidas de todo o Brasil que vocês ajudaram a salvar”.

Dia Mundial do Doador de Sangue
   Referência em oncologia e transplantes de medula óssea, o HAC recebe pacientes de todo o País que muitas vezes necessitam de transfusões sanguíneas, por isso, a instituição comemora a data e agradece aos doadores. “Em mais de 20 anos de atuação, nunca houve prejuízo na assistência médica por falta de sangue, pois sempre pudemos contar com a colaboração dos jauenses e moradores da região”, destaca Mauad.
   De acordo com o hematologista, mais de 50 mil pessoas já doaram sangue na instituição, entre doadores que comparecem frequentemente à unidade, respeitando os intervalos estipulados, e os que participam de campanhas de coleta externa em escolas, centros de saúde e igrejas da região.
Quer fazer parte desse time de heróis? Veja como é a doação de sangue e os requisitos: http://migre.me/vzcZi.

                  

     
Maria Luiza, Marco Aurélio, João Carlos, Laurindo e Sérgio foram homenageados em sessão solene na Câmara Municipal de Jahu, representando todos os doadores de sangue 
 

Galeria de imagens e vídeosclique na imagem para ampliar

Autor: Ariane Urbanetto