24/3/2017 - Caso cirúrgico inédito realizado no HAC é publicado em revista internacional

   O relato de um caso bem-sucedido de reconstrução de mandíbula realizada no Hospital Amaral Carvalho (HAC) pela equipe dos cirurgiões Manuel Claro de Toledo e Gabriel Pastore, do serviço de bucomaxilofacial, foi admitido pelo Internacional Journal of Odontostomatology, conceituada revista indexada da Universidad de La Frontera, no Chile.
   A publicação demonstra a qualidade dos serviços tanto do próprio hospital quanto dos profissionais e projeta a região de Jaú como referência no procedimento.
   A cirurgia reconstrutiva ocorreu em 2007. Uma paciente de 41 anos foi diagnosticada como ameloblastoma mandibular, um tumor agressivo que, se não tratado, pode ganhar tamanho enorme e causar desfiguração facial severa e comprometimento funcional.
   O tratamento realizado foi a remoção do tumor e a reconstrução imediata da mandíbula com enxerto livre de ilíaco, em dimensão maior (10 centímetros) do que a máxima registrada na literatura (7 centímetros na literatura) e colocação de implantes dentários. “O caso foi inédito na época. O HAC e sua equipe acabaram tendo um importante destaque fora do País”, lembra o doutor Manuel Claro de Toledo.
   O procedimento permitiu a remoção da lesão e o restabelecimento do contorno e função mandibular.

Sobre o Hospital Amaral Carvalho
   Centenária instituição de saúde reconhecida pelo tratamento oncológico de qualidade e assistência social a pacientes vindos de todos os Estados brasileiros, além de ser o centro que mais realiza transplantes de medula óssea no País. Promove a saúde, a cura e o bem-estar de adultos, jovens e crianças em várias especialidades.
   Anualmente, realiza mais de 300 mil atendimentos e efetua mais de 1 milhão de procedimentos, como quimioterapia e radioterapia. A previsão de custo para 2017 é de R$ 250 milhões.

Autor: Juliana Parra / Foto: arquivo pessoal