19/05/2014 - Diretores do Hospital Amaral Carvalho participam de congresso da Fehosp

   Entre os dias 6 e 9 de maio, ocorreu no Guarujá, SP, o 23º Congresso de Presidentes, Provedores, Diretores e Administradores Hospitalares de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, promovido pela Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, a Fehosp. O diretor Superintendente do Hospital Amaral Carvalho (HAC), Antonio Luis Cesarino de Moraes Navarro, a diretora de Desenvolvimento em Saúde, Cristina Moro, e o diretor Financeiro, José Antonio Barata de Almeida Bueno, prestigiaram o evento que teve como tema “Saúde: este é o nome do jogo?”.
  Navarro, que é também presidente da Federação Brasileira das Entidades de Combate ao Câncer (Febec), participou de um debate sobre captação de recursos, onde dividiu a mesa cerimonial com o diretor da Fehosp, Milton Tedde e diretores de outras instituições.
   Na ocasião, o Superintendente do HAC falou sobre emendas parlamentares, subvenções municipais, o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon) e o programa Nota Fiscal Paulista. Navarro explicou sobre os meios específicos da instituição para obter recursos, como o setor de Telemarketing e o Circuito de Leilões da Febec que desde 2009 beneficia o Hospital Amaral Carvalho. “Foi um evento muito produtivo, que proporcionou importante troca de conhecimentos e reflexões  sobre modelos de gestão e filantropia”, afirmou.
   Também marcou presença no Congresso o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, que reconheceu o importante papel dos filantrópicos para a saúde brasileira. “Nós temos o dever de garantir o avanço da ciência para todos, os que podem e os que não podem pagar. E os grandes parceiros do governo são as santas casas e hospitais beneficentes. Nós todos reconhecemos esse trabalho voluntário de provedores, associações, e equipes que suam a camisa para atender com qualidade a população. Queremos agradecer e retribuir para que continuem crescendo e atendendo melhor”, disse.

 

Autor: Ariane Urbanetto