Faça sua Doação Faça sua doação para o Amaral Carvalho, o Hospital do Câncer que trabalha com ética e transparência na luta pela vida.

14/9/2016 - "Devemos falar sobre a doação de órgãos" afirma coordenador da Cihdott

   Doação de órgãos: talvez você tenha ouvido algo sobre o assunto; talvez tenha dúvidas; pode ser que nunca tenha falado disso. Para incentivar o ato solidário, a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott) do Hospital Amaral Carvalho apoia a campanha Setembro Verde e chama a atenção para o diálogo.
   “Devemos falar sobre a doação de órgãos. Não é necessário deixar documentos afirmando a vontade de ser um doador! Essa questão deve ser esclarecida entre os familiares, que são as pessoas que poderão realizar o desejo do doador quando chegar o momento”, comenta o coordenador da comissão, o cirurgião geral Eduardo Pracucho.
   A doação de órgãos é regulamentada no Brasil, que se destaca no contexto mundial como mantenedor do maior sistema público de transplantes. De acordo com o Ministério da Saúde, 23.666 cirurgias de transplante de órgãos foram realizadas em 2015 — 95% delas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
   Mesmo com o grande volume de operações, a fila de espera de brasileiros por órgãos é extensa. Mais de 40 mil pacientes estão cadastrados e aguardam doações de rins, corações, fígados ou outros. 
   O médico do Hospital Amaral Carvalho explica que, para mudar essa realidade, é necessário conscientizar a população sobre esse tipo de doação. “Essa compreensão deve ir além das questões técnicas e práticas, pois as equipes de saúde estão qualificadas a avaliar potenciais doadores, tipos de órgãos que podem ser doados e todo o processo. As pessoas devem se sensibilizar com a causa e manifestar seu desejo de colaborar”, enfatiza Pracucho.

A doação
   É possível doar órgãos em vida ou após óbito para instituições de saúde que realizam captações e transplantes. Algumas doenças não têm possibilidade de tratamentos terapêuticos e somente a substituição do órgão doente pode trazer cura e esperança de vida.
Veja informações sobre o processo de doação: http://migre.me/uYNbi

Palestras
   Para esclarecer dúvidas e orientar profissionais, estudantes da área da saúde e a comunidade em geral, a Cihdott promove neste mês um circuito de palestras sobre doação de órgãos. As aulas são nas dependências do hospital, com emissão de certificados aos participantes. Veja a programação:

Saiba mais
Sobre a Cihdott

Desde 2008, o Hospital Amaral Carvalho mantém a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott), responsável por detectar possíveis doadores e orientar os familiares sobre o processo, além de conscientizar os usuários do serviço, funcionários e a comunidade sobre o assunto. Por se tratar de uma instituição especializada em oncologia, o hospital tem baixa probabilidade de doadores de múltiplos órgãos. Tem destaque a captação de córneas no serviço: aproximadamente 200 desde a estruturação do grupo.
A Cihdott conta com apoio da Comissão de Humanização na campanha Setembro Verde.

Transplante de Medula Óssea
O Amaral Carvalho é referência em transplante de medula óssea, sendo o centro que mais realiza esse tipo de procedimento no País – em média, 200 por ano. Trata-se de uma doação feita em vida que pode ajudar no tratamento de leucemias e outras doenças no sangue.

Autor: Ariane Urbanetto