12/6/2016 - Orientações médicas devem ser seguidas após internação

Após período de internação, é importante que o paciente siga à risca todas as orientações médicas e da equipe do hospital. Desta forma, evita-se que haja agravamento do quadro ou até mesmo desenvolvimento de novas doenças.
O médico Luiz Alfredo Teixeira Junior explica que, após período de convalescência, o organismo fica mais debilitado e suscetível a processos infecciosos. Por isso, geralmente deve-se evitar aglomerações e exposição ao frio e à chuva. Outra dica é seguir os cuidados nutricionais corretos e não abusar na alimentação.
“O paciente deve observar perda de apetite, constipação e qualquer fator fora do convencional. Se algo acontecer, é preciso entrar em contato com o médico”, aconselha.
A enfermeira Valéria Dellamano Frozé, gerente hospitalar do Hospital Amaral Carvalho (HAC), salienta que as orientações pós-internação são baseadas na patologia existente ou tratamento realizado. No caso de pessoa que passou por cirurgia, os cuidados envolvem desde atenção à cicatriz cirúrgica, manuseio de drenos e sondas até reabilitação (fisioterapia).
“Antes de manusear o curativo, lavar bem as mãos com água e sabonete e, para limpeza, deve-se usar apenas soro fisiológico”, diz Valéria. A utilização de pomadas, antissépticos e hidrantes deve respeitar prescrição médica. A retirada de pontos deve seguir o agendamento previsto pelo profissional da saúde.
Para pacientes clínicos, a recuperação inclui cuidados específicos, como alimentação e medicação apropriadas, repouso e adoção de hábitos saudáveis.
A gerente hospitalar do HAC comenta que é comum que, durante a hospitalização, o paciente receba todos os cuidados direcionados às suas necessidades. Portanto, sentimento de insegurança ao deixar o hospital é normal.
“A garantia de continuidade dos cuidados depende de seguir adequadamente as orientações recebidas no momento da alta, uma vez que minimizam a insegurança, contribuem para a recuperação do paciente e propiciam melhor qualidade de vida familiar e social, além de prevenir complicações e evitar reinternação”, resume Valéria.

Alta responsável

A Santa Casa de Jaú está implementando protocolo de cuidados após a alta hospitalar, denominado alta responsável, em conformidade com portaria do Ministério da Saúde. O objetivo é que a rede básica providencie cuidados ambulatoriais após alta, de modo a evitar que o paciente retorne ao hospital.
Sobre cuidados após a internação, a coordenadora de enfermagem da filantrópica, Regiane Laborda, ressalta que cada paciente deve ter um tratamento adequado. “Muitas pessoas precisam de cuidados específicos. É muito importante que haja apoio familiar na realização de cuidados domiciliares”, completa.

Galeria de imagens e vídeosclique na imagem para ampliar

Fonte: Comércio do Jahu

URL: http://migre.me/u7CdG