19/1/2016 - Campanha arrecada protetores solares ao Amaral Carvalho

O verão é a época do ano que exige atenção e cuidados redobrados com a pele. Diretamente ligado à exposição solar, o câncer de pele é o mais incidente na população brasileira, sendo estimados 175 mil novos casos para 2016.

Medidas simples como o uso de chapéu, boné e roupas que cubram todo o corpo, além do uso diário de protetor solar, podem evitar queimaduras e, consequentemente, o desenvolvimento da doença.

Pensando na prevenção desse tipo de câncer, a Drogaria São Paulo - unidade Jaú, iniciou neste mês uma campanha em benefício do Hospital Amaral Carvalho: até o dia 29 de fevereiro, os clientes podem adquirir protetores solares na promoção e doar à instituição. A farmácia irá arrecadar os produtos e entregá-los ao hospital no final da ação.

A coordenadora de assistência social do Amaral Carvalho, Vanessa de Moraes, relata que muitos usuários dos serviços de saúde são carentes e não têm condições de arcar com todas as despesas durante o tratamento. “Além de auxiliar os pacientes, disponibilizando estruturas como as Casas de Apoio ou atividades de entretenimento, as equipes orientam sobre a prevenção do câncer em diferentes manifestações e, quando possível, efetua a doação de protetor solar”.

Especificações

Os produtos, para serem oferecidos aos pacientes, devem ter fator de proteção solar 30 ou 50 – contra raios ultravioleta A e B. “Não podemos utilizar protetores que vêm com bronzeador, por isso, pedimos que os doadores reparem nesse detalhe”, explica.

Vanessa afirma que sempre que possível, a Drogaria SP colabora com o hospital, por meio de doações de produtos e campanhas, como a arrecadação de brinquedos para as crianças, no Natal. “Agradecemos imensamente pelo apoio e carinho com nossos pacientes”, disse.

 

Prevenção do melanoma

Desde 2007, o Hospital Amaral Carvalho mantém em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde o Programa de Prevenção do Melanoma, que orienta a comunidade sobre fatores de risco para desenvolver o câncer de pele, especialmente o melanoma, tipo mais agressivo da doença, além de disseminar informações sobre prevenção e o diagnóstico precoce.

De acordo com a responsável pelo Programa, a dermatologista Ana Gabriela Salvio, a pele — maior órgão do corpo humano — acumula toda a carga de raios ultravioleta recebidos desde a infância. “O efeito cumulativo pode causar alterações que predispõem o câncer de pele”.

Diariamente, uma equipe do Programa de Prevenção do Melanoma realiza orientação gratuita em diferentes postos de saúde de Jaú e no Instituto de Prevenção do Amaral Carvalho, distribuindo folders explicativos e ensinando as pessoas a fazerem o autoexame da pele e o que é uma lesão suspeita de melanoma.

O diagnóstico precoce possibilita tratamento eficaz e menos agressivo, aumentando as chances de cura. Ana Gabriela recomenda que, ao notar qualquer alteração ou sinal na pele, é necessário procurar um dermatologista.

Participe da campanha. Mais informações pelo telefone (14) 3602-1343.

Galeria de imagens e vídeosclique na imagem para ampliar

Fonte: Porto Ferreira Hoje

URL: http://migre.me/sNgGF