2/12/2015 - Festa dos 100 anos do Amaral tem lançamento de selo comemorativo pelos Correios e presença de celebridades

   As comemorações do centenário do Hospital Amaral Carvalho, que vêm sendo celebradas desde o início de 2015, atingiram o ponto alto neste fim de semana, em Jaú, com missa em ação de graças e jantar no salão Algodoeira. A festa contou com a presença da diretoria, conselheiros e do corpo clínico da instituição, de parlamentares, artistas, voluntários e apoiadores que tiveram papel fundamental nas conquistas do HAC ao longo desses 100 anos. O evento foi marcado ainda pelo lançamento do carimbo comemorativo e do selo personalizado dos Correios, alusivos ao centenário do Amaral Carvalho.
   Celebrada na Matriz Nossa Senhora do Patrocínio, a missa teve a participação do superintendente do hospital, Antonio Luís Cesarino de Moraes Navarro, que relembrou a história da organização bem como seus avanços durante os 100 anos, e do presidente, Alcindo Storti, com a Primeira Leitura da bíblia. “Tivemos um desenvolvimento muito grande ao longo desses anos. O HAC passou de um hospital assistencial duas décadas atrás para um complexo com status de hospital de ensino e com serviços que eram muito necessários para o País, como o transplante de medula óssea. Estou muito feliz por todas as conquistas e por comemorar os 100 anos do Amaral”.
   A emoção tomou conta quando um grupo de pacientes sem laringe fez sua estreia no coral do Amaral Carvalho, projeto criado pela fonoaudióloga Renata Fúria, com apoio da Equipe de Reabilitação dos Laringectomizados Totais do HAC. Sob regência da maestrina Kátia Baccarin, eles cantaram “O trenzinho caipira”, de Villa Lobos.
   Esses pacientes tiveram em comum um câncer na laringe, que acomete principalmente homens fumantes e/ou consumidores de bebidas alcoólicas. A cura da doença, na maioria das vezes, só é possível com a retirada do órgão, mas, com isso, os pacientes passam a respirar exclusivamente pela traqueia. E não existindo mais a laringe, onde estão as cordas vocais, ocorre a sequela da perda da voz. E esses pacientes, então, desenvolvem uma comunicação alternativa por meio da voz esofágica, eletrolaringe ou válcula traqueoesofágica. “Eles desafiaram os limites da superação. Fico muito feliz com o resultado desse trabalho. Miguel de Cervantes já dizia: 'Um sonho que se sonha sozinho é só um sonho. Quando se sonha juntos é o início da realidade'”, completou Renata, referindo-se à célebre frase da obra Dom Quixote.

Festa
   A festa teve início com a execução do Hino Nacional pela orquestra experimental do Conservatório Jauense de Música, que tem entre seus integrantes médicos do corpo clínico do Amaral Carvalho.
   Logo em seguida, foram lançados oficialmente o carimbo comemorativo e o selo personalizado dos Correios, pelo gerente de região de vendas de Bauru, Flávio Edson Marques Lemos. Além de outras autoridades dos Correios, um carteiro uniformizado também esteve presente, representando a figura principal da empresa.
   Após os agradecimentos do presidente do HAC, Alcindo Storti, e do superintentente, Antonio Luís, a todos os presentes na celebração dos 100 anos, um vídeo institucional foi apresentado aos convidados. 
   Enquanto o jantar era servido, foi anunciada a cantora Carina Mennitto, revelada pelo programa The Voice Brasil, para animar a festa.
   O evento dos 100 anos contou com a presença de autoridades políticas como o prefeito de Jaú, Rafael Agostini, a presidente da Câmara, Cléo Furquim, o secretário de Saúde, Paulo Mattar, e vereadores jauenses. Também foram prestigiar a festa os deputados Sergio Reis, Capitão Augusto, Augusto de Carvalho e representantes de Milton Monti e Pedro Tobias.
   Para Sergio Reis, participar das comemorações do centenário do Amaral Carvalho é motivo de orgulho. “Fico impressionado quando se fala em 100 anos cuidando da vida das pessoas. Toda Jaú e aqueles que ajudam o hospital merecem nosso carinho, nosso respeito. Hoje, como deputado federal, tenho mais chance de poder ajudar, embora este ano nossa verba tenha sido cortada por conta dos problemas financeiros pelos quais passa o País. Mas, no ano que vem, vamos torcer para que nossa cota seja integral para que possamos destinar ajuda maior ao Hospital Amaral Carvalho. Eu sei o que esse pessoal passa para manter uma instituição como essa. Nossa obrigação é estarmos juntos”. Reis chegou a subir ao palco para cantar alguns de seus sucessos, como “Menino da Porteira”, e, com muito bom humor, fez a alegria dos fotógrafos e fãs de plantão.
   O deputado federal Augusto Carvalho, do Distrito Federal, disse que ficou muito feliz por ter sido convidado para participar do evento. “Os 100 anos do Amaral Carvalho devem ser comemorados por toda a cidade, pelo Brasil. São 100 anos de serviços relevantes prestados a pacientes do País inteiro. Parabéns ao Amaral Carvalho. Fico honrado em conhecer de perto esse hospital. E como deputado federal, pude pela primeira vez dar uma pequena contribuição com emenda parlamentar e espero que tenhamos toda a excelência desse trabalho na capital do País”, referindo-se ao projeto de criar uma unidade do Amaral Carvalho em Brasília para atender aos pacientes que vêm a Jaú para tratar a doença.
   Quem não economizou elogios ao hospital foi o deputado Aldo Demarchi: “São 100 anos prestando serviços de referência não só a nós, paulistas, mas a todos do território nacional. Gostaria de deixar aqui meus parabéns a todos aqueles que já colaboraram, aos funcionários, ao corpo médico e à diretoria. Estou no sexto mandato e sempre coloco emendas para o hospital. É o mínimo que podemos fazer em troca desse belo serviço que o Amaral presta na área da saúde”.
   Aldo Demarchi, por meio de emenda, conseguiu um micro-ônibus para o Hemonúcleo Regional de Jaú, mantido pela Fundação Amaral Carvalho, que realiza coletas externas de sangue. “Sei que o veículo está sendo muito bem utilizado, e no orçamento que estamos discutindo na Assembleia Legislativa para o ano que vem, estamos lembrando do Amaral Carvalho”, afirmou.
   O deputado estadual Pedro Tobias não pode estar presente, mas enviou seus cumprimentos por meio do vereador jauense Tito Coló.

Celebridades
   Quem chamou a atenção na festa foi a atriz jauense Luciana Vendramini, que participou da primeira campanha de prevenção de câncer de colo de útero realizada pelo Amaral Carvalho, há 20 anos. “Quando a dra. Lenira (Mauad) me chamou para estrelar a campanha, achei muito importante e fiquei muito feliz com os resultados observados 20 anos depois. Para mim é uma honra poder levar o nome do hospital para fora. Tenho o maior orgulho de ter um hospital como esse na cidade onde nasci. E, até eu ficar velhinha, se eu puder ajudar o Amaral Carvalho fazendo campanhas, claro que o farei, com o maior prazer do mundo”, declarou.
   O ator Carlo Briani, famoso pelos comerciais do Panetone Bauducco, também veio prestigiar o acontecimento. “Desde quando conheci o hospital, fiquei impressionado com o trabalho e com os números da instituição. Ao mesmo tempo, fiquei chocado porque o Brasil não conhece o Amaral Carvalho. A gente não ouve falar do Amaral como ouve de outros hospitais do câncer. O HAC é um hospital de ponta, é campeão em transplante de medula óssea e faz um trabalho social maravilhoso. Tem um projeto famoso, que é o do Ursinho Elo, que foi apresentado como um projeto genial de um hospital do interior de São Paulo. E não é. É um projeto do Hospital Amaral Carvalho. Então o que é mais importante, a partir de agora, é tentar ajudar a divulgar e promover o trabalho do Amaral. O HAC merece muito”, disse.
   Outro artista que também marcou presença foi Ernando Tiago, da novela Chiquititas. “Ajudar o Amaral Carvalho é uma maneira de a gente se sentir útil de verdade. É claro que é bacana ser reconhecido pelo trabalho, receber aplausos, ganhar um bom cachê, mas o mais importante de tudo é poder retribuir o carinho que a gente recebe. E quando a gente pode participar de um evento como esse, levando a mensagem para a população para que colabore com o hospital, aí, sim, a gente sente que o trabalho está sendo útil. E é tão pequena nossa colaboração. Quem merece todos os aplausos pelo dia a dia do hospital são os médicos, mantenedores e funcionários do hospital. Estamos aqui pra agradecer e para ajudar a divulgar a importância desse trabalho”, concluiu.

Veja mais fotos: http://migre.me/sldiB
 

Galeria de imagens e vídeosclique na imagem para ampliar

  • foto: Letícia Andrioli

    foto: Letícia Andrioli

  • foto: Letícia Andrioli

    foto: Letícia Andrioli

  • foto: Jairon Momesso

    foto: Jairon Momesso

  • foto: Letícia Andrioli

    foto: Letícia Andrioli

  • foto: Jairon Momesso

    foto: Jairon Momesso

Autor: Juliana Parra