13/10/2015 - Outubro Rosa incentiva prevenção do câncer de mama

Considerado o segundo tipo da doença que mais acomete mulheres no Brasil e no mundo, o câncer de mama é alvo da campanha Outubro Rosa. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a estimativa é de mais de 57 mil novos casos somente em 2015. A incidência é alta, contudo, a chance de cura da enfermidade pode chegar a 95%, caso seja diagnosticada precocemente.
Para obter os altos níveis de cura é necessário fazer exames regularmente e se consultar com especialista na área, porém, levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informa que 40% das mulheres brasileiras entre 50 e 69 anos não realizaram o exame de mamografia nos dois anos anteriores à pesquisa, promovida em 2013.
O oncologista da Rede de Hospitais São Camilo, de São Paulo, Agnaldo Anelli sente que as campanhas de atenção à população para o diagnóstico de câncer são importantes. “Assim como há datas para alertar sobre o câncer de próstata, sobre os riscos de tabagismo, entre outros, o Outubro Rosa traz para a população o alerta que a doença existe e que há necessidade de exames regulares para o diagnóstico precoce.”
Os fatores que aumentam o risco de a mulher desenvolver o problema são diversos, como ter idade superior a 50 anos, ser tabagista e ter realizado terapia de reposição hormonal (TRH) sem a supervisão médica adequada. O uso prolongado de anticoncepcionais sem prescrição médica também pode desencadear a doença.
O Outubro Rosa objetiva estimular o autoexame. O mastologista do Hospital Amaral Carvalho (HAC) João Ricardo Auler Paloschi orienta que o procedimento seja feito mensalmente pela mulher. “A ação pode salvar uma vida. Caso ela encontre qualquer alteração de um mês para o outro é importante procurar um especialista.” Em pacientes com histórico familiar, é recomendado que a mamografia seja feita anualmente a partir dos 35 anos. Nos demais casos, o exame periódico pode ser iniciado aos 40 anos.
Somente em 2014, 500 novos casos de câncer de mama foram atendidos no HAC, sendo 5,7 mil o total de consultas no setor de mastologia (uma paciente pode ter feito mais de uma consulta). No mesmo ano, também foram realizadas 700 cirurgias.

Mobilização
A unidade hospitalar participa de campanha com alvo na prevenção da doença. Outras empresas também estão buscando os especialistas do HAC para promoção de palestras para disseminar a informação sobre a enfermidade e, consequentemente, aumentar o diagnóstico precoce.
A concessionária Águas de Jahu iluminou desde o início do mês vários pontos de atendimento e serviço da empresa com a cor rosa para simbolizar a adesão e apoio ao Outubro Rosa. A loja de atendimento ao cliente (Rua Saldanha Marinho), sede operacional (Avenida Comendador Ítalo Mazzei) e os dois reservatórios de água (Jardim Olímpia e Novo Horizonte) estão com a iluminação especial.

Galeria de imagens e vídeosclique na imagem para ampliar

Fonte: Jornal Comércio do Jahu

URL: http://migre.me/rNTnF