21/09/2012 - Cipa promove melhorias e reforça segurança de colaboradores da FAC

   Mensalmente, membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da Fundação Amaral Carvalho (FAC) se reúnem para discutir sobre assuntos relacionados à segurança dos colaboradores da instituição: sinalizar problemas e suas possíveis soluções.
   A Comissão, além de receber sugestões e ouvir reivindicações dos colaboradores, realiza inspeções pelos setores da Fundação. Em agosto, em uma dessas vistorias, foi detectada má iluminação em uma das escadas – próxima a lavanderia.
   De acordo com o presidente da Cipa, Guilherme Panelli, após a troca da posição das luminárias, houve uma melhora significativa da iluminação no local, especialmente no período noturno. “Esta foi uma medida simples, que evitou que pudesse ocorrer acidente com algum dos colaboradores.”

SAIBA MAIS
   A Cipa é uma importante ferramenta de prevenção de acidentes envolvendo os trabalhadores, formada pelos próprios colaboradores de uma instituição. Os membros dessa comissão são, em sua maioria, referências em seu ambiente de trabalho, o que facilita o levantamento e fiscalização de irregularidades.
   Alguns detalhes “escondidos” no desempenho das atividades que escapam aos olhos do Serviço Especializado em Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt), por exemplo, são identificados com maior facilidade pelos membros da Cipa, que muitas vezes são os próprios executores de tais atividades.
   A Cipa consegue representar todos os setores da instituição e, dessa forma, pode ser útil pelo Sesmt e pelos gestores da organização em ações como: inspeções permanentes nos locais de trabalho; auxílio na implantação de novas ações de prevenção de acidentes; fiscalizações preventivas como em relação ao uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); incentivo à participação dos trabalhadores nas campanhas internas de prevenção de acidentes do trabalho ou de qualidade de vida, entre outras.


 

Autor: Ariane Urbanetto